9.1.24

Somente 30/12, tivemos conhecimento da morte deste amigo, Jesuito Oliveira Sena Sena . Queremos expressar nossos profundos sentimentos. Seu falecimento aconteceu em 9 de novembro de 2023, na cidade de São Paulo. 

Screenshot_2023-12-24-14-49-43-1.png

 

 O Belchior do cinema, Jesuito Oliveira Sena, foi um faz tudo na área cinematográfica. Iluminador, ator, diretor, produtor e afins. Trabalhou com renomados cineastas: de Mazzaropi a Oswaldo Massaini e a Francisco Cavalcanti. Sua atuação se deu, principalmente,  na Boca do Lixo, na região do Bairro Luz. 

 No começo dos anos 80 fundou a Sena Filmes, com sede no Largo do Paissandu, centro SP.  Seu escritório era um dos mais organizados da época. 

 Por lá passou muita gente que se destacou nas artes cênicas, especialmente no cinema. 

 Por volta de uns dez dias antes da  data citada, tive um encontro casual com Sena, em Santa Cecília. Ele passou a falar-me de alguns sintomas desfavoráveis à sua saúde, por exemplo constante falta  de ar, dores de coluna. Falou -me também que, no inicio de 2022 esteve internado por mais de 30 dias em estado grave. 

 

 "Sou muito grato ao Jesuito Oliveira Sena, pois fora por seu intermédio, que conheci muita gente importante do meio artístico.  Gratidão amigo Sena", disse jornalista Francisco Martins. . 

 Nos últimos anos, Sena estava se dedicando a arbitragem de futebol de segunda divisão e de Salão.  Em memória desta pessoa amiga, de mais de 40 anos, ressaltamos nosso pesar por seu falecimento a todos da familía. (Fonte: www.agenciafm.blogspot.com Foto: face /texto FM)

** Sena no lançamento do livro da atriz Vanessa Alves .

link do postPor Fram Martin Equipe formasemeios, às 14:01  comentar

12.12.23

Espetáculo conta a historia da mais célebre comediante portuguesa de todos os tempos, Laura Alves, vivida por Sissi Martins. Uma noite de gala como nunca se viu na cidade. Laura Alves, atriz principal do espetáculo, comanda um elenco.de artistas de primeira grandeza.

 

alves.jpg

Este trabalho sempre esteve nos planos de Filipe la Féria. Realização perfeita. Estás em Portugal? Corre e reserva teu bilhete. Imperdivel. De 22/11/23 a 30/6/2024. Laura Alves foi a maior atriz portuguesa do século XX. A sua lenda permanece viva na memória dos portugueses atravessando várias gerações. Laura Alves nasce no final da 1ª República, numa família pobre de Lisboa tornando-se numa menina prodígio, uma Shirley Temple à portuguesa, estreando-se no Teatro Politeama e rapidamente se tornando num caso de popularidade, e uma atriz ímpar na História do Teatro Português graças às suas qualidades excepcionais de comediante.

 

O Musical começa com Laura criança nas suas atuações mais cómicas. Nos primeiros anos do Estado Novo transforma-se numa vedeta popular, na Rainha da Comédia e da Revista, conquistando o estatuto de primeira figura do nosso Teatro contracenando com Vasco Santana, João Villaret, António Silva ou Ribeirinho e participando não só no Teatro como nos filmes mais significativos da época de ouro do Cinema Português, nas famosas comédias que ainda hoje são populares nas mais novas gerações. O casamento com Vasco Morgado, em plena 2ª Guerra Mundial, e a inauguração do Teatro Monumental consagra-os na atriz e no empresário mais importantes do espectáculo em Portugal. A sua relação tempestuosa e apaixonada é ainda uma lenda na história de Lisboa. Vasco Morgado e Laura Alves tomam conta de praticamente todos os teatros da cidade sendo o Monumental um lugar de referência, centro dos grandes acontecimentos artísticos de todo o país.

 

Eles são o binómio Atriz/Empresário que, à escala nacional, conduziam, pelo seu talento e força de trabalho, todo o panorama da vida artística da sua época. O 25 de Abril, a separação e o divórcio dos dois é o princípio da queda do império que haviam construído e que arrastava multidões. Laura Alves e Vasco Morgado dominavam com os seus espetáculos uma nação e ainda hoje são um mito que se mantém vivo no imaginário português e o Teatro Monumental, no coração de todos os portugueses. Filipe La Féria escreveu este musical, com humor, emoção e muita música, ciente que irá ser um enorme sucesso não só em Lisboa como em todo o País.

 

É hábito nos espetáculos de La Féria milhares de espectadores que moram fora de Lisboa organizarem-se em grupos e deslocarem-se propositadamente à capital, para assistirem aos seus musicais. Laura Alves nasceu em 1921 e faleceu em 1986. (Fram Martins / ericeiraonline.pt)

 

https://filipelaferia.pt/

 

 22 novembro 2023 a 30 junho 2024 qua: 21h; qui: 21h; sex: 17h*, 21h; sáb: 17h, 21h; dom: 17h

EDITORIAS:
link do postPor Fram Martin Equipe formasemeios, às 14:06  comentar

28.11.23

Ator brasileiro faleceu em 14 de novembro, aos 81 anos

Entre novelas e minisséries atuou em 25, trabalhou em 15 filmes e 40 peças de teatro. Flagrado na Feira de Arte da Praça da República, bateu um papo e posou para AgênciaFM. 

Hesse.JPG

Nascido Paulo César Boeta, em Paulista de Caçapava  - SP,  em abril de 1942, Paulo César Boeta, adotou o pseudonimo Paulo Hesse, é ator brasileiro formado pela Escola de Arte Dramática (EAD). Sua estreia aconteceu no coro do espetáculo Antígona (de Sófocles), em 1966, levado no Teatro Municipal de São Paulo sob direção de Benjamin Cattan. Entre seus trabalhos na televisão estão "Venha ver o sol nascer na estrada", TV Record. Em seguida O Machão, Cinderela 77, O sheik de Ipanema, Salário Mínimo, Gaivotas, O velho, o menino e o burro (75\76) na TV Tupi.

 

Em 80, trabalha na TV Bandeirantes em 'Dulcinéia vai à guerra', e 'As cinco panelas de ouro' e 'O desconhecido, na TV Cultura'. No ano de 1984, faz no SBT 'Meus filhos minha vida', na TV Globo, a série 'Rabo de Saia' (personagem Solon Marcelo), contracenando com Ney Latorraca. Retorna ao SBT para trabalhar na novela 'Jerônimo'. 'Volta à Globo no mesmo ano e faz 'Anarqusitas Graças a Deus' (série entre 82 e 83), 'Selva de Pedra', 1986. Após um hiato de quase oito anos fora da telinha, atua em "Éramos Seis", 1994, e "Razão de viver", 1996, ambas no SBT.

 

Em 1997, depois de muito tempo volta a trabalhar na TV Record em "Direito de vencer". Com a abertura do núcleo de dramaturgia da TV Manchete, Paulo Hesse atua no grande sucesso da extinta emissora "Mandacarú", em 97. Nos anos 2000 atuou em " O cravo e a rosa", Desejo de Mulher, ambas na TV Globo, onde voltaria nas novelas 'Paraíso Tropical', em 2007. "Água na boca" , 2008, última produção em telenovela da TV bandeirantes trouxe Paulo Hesse em um dos principais papéis. (Foto: Fram martins).

link do postPor Fram Martin Equipe formasemeios, às 14:18  comentar

7.3.22
Espetáculo infanto-juvenil estreia no Teatro Dulcina, no Rio. A peça “Da Mala que Sai” faz temporada durante o mês de março 

 

público infanto-juvenil poderá curtir, a partir do dia 5 de março, no Teatro Dulcina, a peça Da Mala Que Sai, com músicas e muito bom humor junto ao grupo Sintonia Dominó. O espetáculo mostra o dia a dia do Trio Popular, um grupo mambembe criativo e brincalhão que leva a magia do teatro para diversos países. Sempre com várias malas, de onde saem diversos objetos, os atores e o público interagem assumindo vários personagens. Com a classificação etária livre, a montagem acontece durante todo o mês de março, aos sábados e domingos, sempre às 17h.t

Indicada aos prêmios do Centro Brasileiro de Teatro Infanto-Juvenil de Teatro para Crianças e ao Festival Internacional de Teatro de Angra, ambos em 2018, o espetáculo constrói sua narrativa a partir da relação do trio. A cada lugar que escolhem para apresentar a peça, criam uma história diferente e se divertem com as surpresas que surgem. A brincadeira e o 

Elenco: Carolina Barbato, Filippe Neri e Luiza Breves

 

Serviço

Da Mala Que Sai

De 5 a 27 de março de 2022 (sábados e domingos) l Horário: 17h

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) l R$ 15,00 (meia)

Classificação etária: Livre

Duração: 55 minutos

Teatro Dulcina

Rua Alcindo Guanabara, 17 - Centro - Rio de Janeiro/RJ

EDITORIAS:
link do postPor Fram Martin Equipe formasemeios, às 13:38  comentar

30.8.21

 No centro de SP encontrei este talentoso e carismático amigo, ator Hilton Have

 

Ícone da teledramaturgia, dezenas de peças, humorísticos e telenovelas. Aliás, "Araponga", foi uma telenovela em que  atuou ao lado do saudoso Tarcísio Meira


No teatro atuou em "Greta Garbo Quem diria Acabou no Irajá," Sua Excelência o Candidato, "Uma empregada Quase Perfeita" " Gaiola das Loucas"  e " A Sexóloga", sucesso total de critica e publico por onde passou. Espetáculo com direção de Míriam Lins e texto de Ronaldo Ciambroni .

Na TV , Além de Araponga (TV Globo) atuou em " Sangue do meu sangue" ( SBT) " Olho por olho", na série " Força Tarefa" ao lo de @murilobeniciooficial

Humor também é com ele mesmo. Trabalhou ao lado de Mário Lírio da Costa, o Costinha. Tem Várias participações em "A Praça é Nossa", onde fez cenas icônicas com Vera Verão. Recentemente integrava o elenco de Spa Fantasia, na Rede Brasil.

@hiltonhave está com um probleminha de artrose por isso se utiliza de uma cadeira de rodas. "Logo que passar essa pandemia vou fazer uma cirurgia" disse o ator. Sucesso sempre e breve retorno ao seu lar, o palco.

Mais em AgênciaFM

 

link do postPor Fram Martin Equipe formasemeios, às 19:50  comentar


Busca
 
Pesquise no site
Janeiro 2024
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Sitios indicados
blogs SAPO